C   redit
a bateria tá em 100% daí você desbloqueia a tela e vai pra 15%
Ah, se o chuveiro lavasse a alma.
Ah, se.   (via eu-preciso-de-ti-sempre)
Quando sentir medo, apenas deite sua cabeça sobre meu peito, feche os olhos, ouça as batidas do meu coração, se tranquilize. Pois se hoje eu sou feliz é porque você cuidou de mim quando eu precisei, e agora eu faço o mesmo por você.
Te cuido.    (via retaliador)
Sempre imaginei o que diferencia amor de paixão, e cheguei a conclusão de que, paixão é algo material, algo cego e as vezes até falso. Já o amor, ele deve ser puro, algo que dê um certo tipo de ligação entre duas ou mais pessoas. O amor não se fundamenta apenas no interesse sexual e sim nas virtudes.
Café a dois. 
(via nevoeirar)
Também é preciso observar as estrelas de vez em quando. Contar os astros, admirar a lua. Tudo, tudo para se sentir ainda mais vivo. É bom olhar para além do que é concreto, em todos os sentidos. Olhar além do que podemos alcançar com a ponta dos dedos. Se perder naquilo que só se toca com a mente. Infinito, é assim que me sinto diante do céu escuro. Melhor ainda é quando há alguém para olhar junto para o mesmo ponto e falar de tudo, rir do silêncio, apontar estrelas cadentes. Sonhar, ainda que acordados. Cobertos por uma manta negra e lotada de corpos celestes de hidrogênio e hélio. Átomos, nada mais do que átomos, como nós. Que não se criam, apenas se transformar e se recriam em corpos diferentes. Sim, somos pedaços de estrelas. Não há nada mais verdadeiro do que aquela história para crianças de que fulano não morreu, apenas virou estrela. É bonito, não? acreditar que sim. Nos faz fugir um pouco da realidade que nos suga o brilho e nos espreme o hidrogênio. Nos faz acreditar um pouco mais. Ontem mesmo fui me recarregar ao ar livre querendo ver um pouco mais do céu. De mãos dadas com o pedaço de estrela mais bonito que conheço, torci para que a luz do poste mais próximo se apagasse e pudéssemos ver um pouco mais de luz estelar. Você sabe, não é? Não enxergamos nem metade delas, as luzes terrenas ofuscam-nas. Uma pena, eu acho. O certo é que o poste apagou-se pouco depois e me deu uma visão maior daquilo que eu contemplava. É, as estrelas também ouvem o que não dizemos. É por isso que nos sentimos infinitos por baixo delas.
— rio-doce  (via volatum)